Arquivos de Tags: chacras

Os sete chackras principais – localização

Dos bilhões de chackras existentes no corpo etérico, sete se destacam devido à sua conexão com as glândulas endócrinas. As glândulas endócrinas regulam todo o corpo através dos hormônios que são lançados diretamente na circulação sanguínea. Os Setes Chackras principais estão na linha axial do corpo. São eles:

Chackra Coronário – Topo da cabeça
Chackra Frontal – Logo acima da região entre as sobrancelhas, chegando até ao meio da testa.
Chackra Laríngeo – no meio da garganta.
Chackra Cardíaco – no meio do peito, entre os mamilos.
Chackra Umbilical – um centímetro acima do umbigo.
Chackra do Baixo Ventre ou Sexual – uns quatro centímetros abaixo do umbigo.
Chackra Básico – na base da coluna.

Chackras – Breve noção

Chackra em sânscrito significa Roda. São vórtices de luz que absorvem ou eliminam energia. Pode-se dizer que para cada poro físico tem-se um micro-chackra, que em conjunto formam uma verdadeira respiração energética. Os mestres antigos notaram que sete desses chackras se destacavam pelo tamanho e brilho e que eles estavam ligados a glândulas endócrinas do corpo.    

Além de promoverem a absorção, a eliminação e a circulação da energia, os chackras também tem um importante papel na ligação do psicossoma (corpo astral) com o corpo físico, fazendo um trâmite energético entre planos. Os chackras estão localizados no duplo etérico.
Os Chackras possuem uma tela que recobre sua boca, filtrando as energias que entram e que saem, garantindo a saúde do duplo etérico e do psicossoma. Várias substâncias agridem essa tela, como o cigarro, álcool, drogas e medicamentos muito fortes. O uso abusivo dessas substâncias traz sérias conseqüências ao bom funcionamento do nosso sistema energético. 
 

Um pouco sobre como o ser humano assimila energia

O Ser Humano usa energia para pensar, sentir e agir. Existem três vias cruciais para assimilação de energia. Uma via é responsável por assimilar a energia do cosmos, outra energia proveniente da respiração e por último temos a energia da terra.

Pelo alto da cabeça são absorvidas as energias cósmicas (celestes, estelares, energia de planos superiores). Pelos pés, entram as energias mais densas da terra (elas sobem pelas pernas,  entram pelo períneo, passam pela base da coluna e sobem pela coluna). Através da respiração, absorvemos a energia do meio ambiente a nossa volta, que não é nem a energia telúrica – que vem de baixo -  nem a energia celestial. As três energias vão para a área cárdio-respiratória, onde são devidamente processadas, bombeadas pelo coração e distribuídas por todo o corpo através do sangue, animando, assim, o Ser Humano.